Faça as pazes com o seu passado

“Quando não-resolvido, o passado destrói a nossa vida. Ele enterra nossos dons especiais, nossa criatividade e nossos talentos. E, quando essas partes de nós mesmos não são recuperadas, ficam estagnadas dentro de nós; em vez de as usarmos em harmonia com nosso mundo, nós as empregamos contra ele.

 Julgamos estar furiosos com o mundo e queremos mudá-lo, na expectativa de que, se ao menos ele fosse diferente, seríamos capazes de viver nossos sonhos. Mas somos nós que precisamos mudar. Estamos com raiva de nós mesmos por não persistirmos, por não honrarmos a força divina que existe dentro de nós, por não permitirmos nos expressar tão verdadeiramente quanto de fato desejamos.

Acreditamos estar bravos com nossos pais porque eles nos reprimiram no princípio de nossa vida. Na realidade, estamos com raiva de nós mesmos por perpetuarmos aquela repressão. É como se, há muito tempo atrás, alguém nos tivesse posto em uma jaula e, embora ela já não exista há bastante tempo, nós ainda tivéssemos a sensação de estar lutando contra suas grades imaginárias.

A jaula são as limitações que nos impusemos, as dúvidas que nutrimos em relação a nós mesmos e o nosso medo. Aprendemos que é uma tarefa difícil ir atrás dos nossos sonhos; mas talvez ainda não tenhamos percebido que é até mais difícil viver dia após dia sabendo que não os estamos perseguindo. Nós fomos deixados vazios de desejo, que é a chave do preenchimento do nosso potencial espiritual.

Ficamos com o desespero, que cresce lentamente e se expressa em nosso corpo na forma de doenças e em nossa psique como fúria. Se não quisermos fazer as pazes com o passado, nós simplesmente lançaremos nossa fúria e nosso desespero no futuro.

A força para olhar com clareza seu passado e recuperar aspectos seus que em algum momento você rejeitou está dentro de você. Basta fechar os olhos, mergulhar em seu íntimo e fazer perguntas. O poder de que você precisa está lá, mas ele só vai aflorar quando o desejo de mudar sua vida for mais forte do que o desejo de permanecer na mesma situação”.

Do livro “O lado sombrio dos buscadores da Luz” de Debbie Ford.

 

Gostou? Deixe o seu comentário, inscreva-se no canal Youtubecurta a Fanpage Rose Hahn Terapia Holística Rose Hahn Terapia Holística no Instagram